Mais cedo hoje (22) você já viu aqui que a Sony fez uma reunião com investidores para explicar um pouco dos seus planos para o médio prazo (entre 2018 e 2021). A companhia deixou claro que o PS4 está mesmo entrando em sua fase final de vida – o que já sabíamos – e que agora traça planos para garantir um ‘fluxo de caixa’ neste período entre mudança de gerações.

A empresa japonesa pretende trabalhar em três principais pontos: primeiro na expansão da base de assinantes do serviço PlayStation Plus e, em segundo, no engajamento deste público. Ou seja, a Sony quer as pessoas passem mais tempo usando seus serviços (jogando mais, ficando mais tempo na PlayStation Network). Uma das ideias para alcançar estes objetivos é fomentar o uso do PlayStation VR, do serviço PlayStation Now, PlayStation Music e Vue.

Por último e certamente mais importante (pelo menos para maioria), é a oferta de mais jogos e propriedades exclusivas. Kenichiro Yoshida, o novo presidente da Sony (chefão de todos), disse que a empresa está trabalhando duro para fortalecer seu portfólio de novas propriedades intelectuais e também se concentrando para aproveitar melhor as que já tem seu catálogo. Um dos pilares dos planos é tentar encontrar oportunidades de crescimento na oferta de conteúdos adicionais para jogos.

Em outras palavras: a Sony pretende aumentar seu número de exclusivos de peso, enquanto planeja oferecer conteúdos adicionais para os já existentes. Ao que parece, os japoneses querem desenvolver mais pacotes de expansões para os jogos já lançados.

John Kodera, presidente da PlayStation, endossou as palavras do chefe e enfatizou que a criação de novos jogos vai ser pautada na oferta de novidades inéditas e na exploração das já existentes. Ou seja: novos exclusivos inéditos e continuações de franquias já lançadas.

O PS4 pode até estar entrando em seu ciclo final, mas este promete ser bastante intenso. Aproveite para especular conosco: quais jogos exclusivos a Sony pode lançar continuações (Uncharted, inFAMOUS, The Order, etc) e quais destes podem receber expansões?