Os títulos da Square Enix sempre foram referências visuais em quase todas as gerações. E com Final Fantasy VII Remake a empresa promete que não irá decepcionar os numerosos fãs.

Uma oferta de trabalho (via Gematsu) enfatiza que os desenvolvedores querem entregar gráficos ainda mais rebuscados e vistosos. A descrição do trabalho explica que, embora eles já tenham alcançado um “nível satisfatório” em termos visuais, a equipe quer ir mais adiante e entregar algo ainda melhor. Tudo para atender as altíssimas expectativas dos jogadores.

Enquanto alcançamos um nível satisfatório em gráficos de alta qualidade, chegamos à conclusão de que devemos procurar uma qualidade ainda maior para atender às expectativas dos fãs.

A companhia procura por profissionais que saibam planejar batalhas, desenhistas, engenheiros e muito mais. São todas posições de muito destaque na produção do game, por isso os requisitos também são elevados.

Remake aguardado e demorado

Final Fantasy VII Remake marca o retorno do game mais aclamado da consagrada franquia de RPG da Square Enix. O jogo original foi lançado em 1997 para o primeiro PlayStation, redefiniu os padrões do gênero na indústria e ajudou a solidificar a base do console da Sony. O remake, por sua vez, foi anunciado na conferência da Sony durante a E3 2015.

De lá para cá, a produção continua a passos modestos. Poucas informações foram liberadas até o momento. O que se sabe é que Final Fantasy VII Remake será vendido em formato episódico e terá reajustes na mecânica de combate.

Final Fantasy VII Remake será lançado primeiramente no PlayStation 4 e, mais tarde, em outras plataformas. A estreia, contudo, não tem data definida. E, ao que tudo indica, ainda vai demorar.