The Order 1886 foi um título um tanto quanto polêmico. O game era bastante aguardado e prometia gráficos incríveis. Apesar do visual cinematográfico, o game acabou sendo criticado por sua falta de inovação e curta duração (especialmente para um jogo “full price”, de U$60).

No entanto, uma coisa é fato: a Ready at Dawn estava realmente dedicada a The Order 1886 – e o final ambíguo deixa claro que haviam planos para uma continuação. Em uma recente entrevista ao Polygon, o CEO do estúdio, Ru Weerasuriya, reforçou esta ideia.

O game foi realmente feito pensando-se no estabelecimento de uma franquia e em sequências para o primeiro. Quando questionado sobre a possibilidade de uma continuação, Weerasuriya respondeu:

“A IP foi construída com muito trabalho nos bastidores. Mesmo antes do lançamento do jogo, nós nos esforçamos muito com os fundamentos desses personagens, para serem como são, de onde vieram, o que está por trás da história… nos perguntamos ‘Onde isto começou?’, ‘Em que direção irá?’ Muitas coisas da história já haviam sido escritas, por que sentimos que escrever um jogo isolado não era o suficiente para nós”.

O CEO da Ready at Dawn não deixa claro se uma sequência para The Order 1886 pode realmente sair do papel, ainda que tenha dado a entender que existe muito material de pano de fundo para a história já planejado. É bastante provável que a recepção mediana que o jogo recebeu tenha minado os planos de dar continuidade ao primeiro game – pelo menos temporariamente.

No momento, a Ready at Dawn trabalha em uma nova PI, que será um jogo de ação em terceira pessoa.