H.P. Lovecraft se consagrou como um dos escritores de terror mais conhecido da modernidade devido à atmosfera sobrenatural, mística e psicológica. No entanto, com seus contos ambientados no século XX, alguns dos seus traços podem não ser tão bem aceitos nos dias atuais.

O preview do jogo divulgado pela Waypoint (via Gamereactor) explica a existência de “perspectivas consideradas racistas”. Ao que parece, o personagem do jogo expressa opinões controversas para os tempos atuais, mas “aceitáveis” na época em que o jogo se passa.

Um dos representantes do estúdio comentou sobre estes elementos. De acordo com as Relações Públicas da Frogwares, este não é o escopo principal da proposta, porém, a desenvolvedora “não ficará tímida”.

Nós, como estúdio, absolutamente não aceitamos nenhum tipo de racismo. No entanto, os relatos sobre racismo e xenofobia fizeram parte de 1920, o que significa que precisamos representar níveis disso no jogo. Ao mesmo tempo, não estamos mirando essa ideia na perspectiva moderna, e também não é o tema principal do jogo. É apenas uma parte de tantas outras do mundo onde o protagonista está inserido.

Eu vejo esses elementos como uma amostra de como algumas pessoas preferem se concentrar em diferenças irrelevantes entre nós, ao invés de permanecerem unidas diante de um perigo iminente.

The Sinking City chega no dia 27 de junho. Os jogadores não terão um ponto específico ou roteiro a seguirem na história. Tudo dependerá das suas habilidades dedutivas em desvendar pistas, extrair informações de suspeitos e revelar os mistérios sobrenaturais.