Um verdadeiro Briefing. Esse é o novo trailer de Death Stranding. Sam Porter Bridges ouve todas as instruções de Amelie e Die Hardman para a sua missão – que é a aventura que os jogadores irão viver no novo game de Hideo Kojima. E, nesses sete minutos, o que já deu, enfim, para entender do misterioso título? O Meu PS4 tenta explicar.

Mas lembre-se: caso você não queira correr o risco de ter algum spoiler do jogo, evite ler – nem veja o trailer, aliás.

Agora, se você chegou até aqui é porque quer ler mais de Death Stranding, não é? Então, fique à vontade – e conte pra gente também o que achou do vídeo nos comentários.

Sam é filho de Bridget?

Vamos começar pelo final e pela maior bomba: ao que tudo indica, Sam é filho de Bridget, mulher idosa que apareceu no trailer da data de lançamento e que, pelo que vimos nesse, faleceu. Amelie, personagem de Lindsay Wagner, diz ser filha dela e, desde o início, mostra a “tensão” tradicional de uma família ao falar com Sam.

Death Stranding

O que parecia apenas uma impressão se torna mais evidente no fim, quando ele diz: “Não sou mais um Strand. Sou Sam Porter Bridges”. Depois, ao passar por Amelie, que na real, é apenas um “holograma”, completa, ironicamente: “Viu? É como se eu sequer estivesse aqui. Como sempre”.

A missão

Já tinha ficado claro, também no último trailer, que Sam deveria “reconectar a América” e “seguir a missão de Amelie”. Pois bem, agora sabemos o que é isso: ela fez uma viagem, por todo o país, tentando reconectar as pessoas após os BTs terem aparecido. Porém, no meio da expedição, foi capturada pelos Homo Demens.

Presidência, resgate, expedição... Tudo do novo trailer de Death Stranding 1

Agora, ela, em forma de holograma, e Die Hardman, que parece um “segurança fiel” dos “Strands” (que parece o nome da família), querem que Sam continue a jornada. Esse teria sido o último desejo de Bridget antes de falecer. Porém, o protagonista não se mostra muito afim de ajudar a galera.

O objetivo

Está bem claro agora o que você deve fazer: reconectar uma sociedade fragmentada – algo, novamente, já dito por Kojima em outras ocasiões. Claro, não sabemos o background da história de Sam, detalhes dos outros personagens, mas em suma é isso: continuar o que Amelie fez e resgatá-la dos Homo Demens.

Presidência, resgate, expedição... Tudo do novo trailer de Death Stranding 2

Um detalhe bem bacana desse trailer é que ele tem várias frases que foram usadas nos vídeos anteriores, soltas. Agora, entendemos exatamente em qual contexto elas foram faladas – como uma explicando quem são os Homo Demens, por exemplo. O mistério é grande ainda, e que bom que continua assim, mas o core da experiência já está claro.

Dog Tags

As famosas Dog Tags de Sam, que estavam com ele desde as primeiras vezes em que nós vimos Death Stranding, enfim foram explicadas. Elas contêm “os protocolos de segurança necessários” para se conectar à Chiral Web. Ou seja, são elas que ativam os terminais que vimos em um dos trailers da Gamescom com Geoff Keighley. Ela se chamam “Q-pids”.

Presidência, resgate, expedição... Tudo do novo trailer de Death Stranding 3

Ou seja, são “cupidos”, que ligam uma pessoa a outra. No caso, um terminal, de algum local, a outro. Essa é a grande missão: conectar todo mundo nesse mundão de meu Deus, que é chamado de UCA. Obviamente, haverá plot twists, teremos que descobrir mais da Timefall, do Death Stranding, dos personagens… Mas as peças começam a se encaixar.

E o gameplay de Death Stranding?

Ainda não sabemos mais sobre a jogabilidade, mas isso não vai demorar muito. Já já, às 3h30 (de Brasília), Kojima fará uma apresentação de 50 minutos na Tokyo Game Show – focada totalmente no gameplay de Death Stranding.

No dia seguinte, haverá uma demonstração de “um local” – provavelmente, Hades, que é visto como uma espécie de “purgatório”. Ou seja, esse Briefing é só o primeiro conteúdo novo que teremos do jogo na TGS. Que venha o resto!