Vampyr foi lançado mês passado e recebeu críticas mistas. O game se destacou por sua narrativa interessante: na pele de um médico recém transformado em vampiro, o  protagonista embarca em uma jornada dividida entre manter seu juramento de salvar vidas ou tirá-las para saciar sua sede de sangue.

Enquanto trazia uma premissa envolvente, o jogo ficou devendo na parte técnica, com alguns problemas relacionados às mecânicas de combates, travamentos e quedas de framerate. Estas questões foram encontradas na versão para PlayStation 4 e apontadas em nossa análise de Vampyr.

O patch chega a todas as plataformas e possui alguns ajustes dedicados exclusivamente aos PCs. Na versão para computadores, o game pode apresentar um travamento crítico. No PS4, um dos principais problemas era um travamento recorrente e aleatório que deixava o jogo congelado por 30 segundos, mas era resolvido sem necessidade de reiniciar o jogo.

Confira algumas das melhorias do patch:

  • Correção de uma cutsene com Dorothy e Darius em que a enfermeira não aparecia corretamente.
  • Correção de bug que fazia Sean Hampton ficar ‘preso’ em uma cadeira durante alguns diálogos.
  • Correção do aparecimento de alguns personagens em locais errados.
  • Correção da side quest de Tom Watts (ficava travada caso um check-up médico fosse realizado antes de algumas perguntas).
  • Menus otimizados.
  • Correção de bug que invertia os ícones dos soros.
  • Correção de bug que mantinha diálogos de Camelia travados mesmo que todas as pistas tivessem sido descobertas.

A lista também inclui “várias outras correções” que não foram especificadas. Vampyr foi lançado em junho deste ano. O game é desenvolvido pela Dontnod, o mesmo estúdio de Life is Strange. Leia nossa análise.