GreedFall é o novo RPG no mercado. O título desenvolvido pela Spiders Games e publicado pela Focus Home Interactive oferece uma experiência com diferentes finais e variadas possibilidades de estilo de jogo. As primeiras avaliações foram disponibilizadas e, por enquanto, a nota é mediana. No Metacritic, o título apresenta a pontuação 74.

Até o momento, não existem muitas reviews disponíveis. São 13 no total, mas conforme as notas forem publicadas, atualizaremos o artigo.

Confira abaixo as avaliações:

  • Hobby Consolas: 84
  • Vandal: 80
  • GamePro Germany: 80
  • Multiplayer.it: 80
  • PlayStation Universe: 80
  • CGMagazine: 75
  • PSX-Sense.nl: 75
  • Eurogamer Italy: 70
  • TheSixthAxis: 70
  • Push Square: 70
  • Screen Rant: 70
  • Jeuxvideo.com: 65
  • DualShockers: 60

As reviews mais positivas ressaltam que o jogo entrega uma experiência profunda e versátil. O sistema de combate é considerado divertido e a história tem facções e um mundo convincente. O site PlayStation Universe diz: “Apesar dos problemas, nada fica no caminho da ambição e da essência de GreedFall. O jogo oferta um alto nível de replay com diferentes caminhos narrativos e várias builds dos personagens.”

Por outro lado, as críticas apontam uma “falta de identidade” no título e os diálogos pouco reais. O site Push Square destaca: “GreedFall está à beira de ser algo especial. Os fãs de RPG vão gostar muito, mas não devem esperar por uma obra-prima do gênero.”

Mais de GreedFall

O fator replay é, de fato, um dos pilares na experiência de GreedFall. O caminho para a platina mostra que os jogadores precisam concluir a jornada múltiplas vezes para conquistarem todos os troféus. A história é moldada conforme as ações, definindo o futuro do mundo e dos personagens.

Segundo a CEO da desenvolvedora, Jehanne Rousseau, a experiência de GreedFall tem cerca de 30 horas de gameplay. O tempo é correspondente às quests principais e que se o jogador explorar as mecânicas do jogo um pouco mais, esse tempo se estende ainda mais.