O mesmo relatório que apontou “um fraco desempenho” de Shadow of the Tomb Raider, trouxe um cenário mais alarmante (ainda) para Just Cause 4.

Até o momento, a insana aventura de Rico Rodriguez pela América do Sul sequer conseguiu “pagar” seus custos de investimento (publicidade, desenvolvimento e distribuição).

As vendas iniciais de Just Cause 4 ficaram abaixo das nossas expectativas, mas queremos aumenta-las no novo ano fiscal através da oferta de atualizações e outras iniciativas.

Os números de vendas do jogo não foram revelados pela Square Enix, mas devem mesmo ser bem baixos.

Just Cause 4 parece não conseguir superar os mesmos obstáculos que Shadow of the Tomb Raider. O quarto capítulo da série chegou oferecendo melhorias bem pontuais, mas que acabaram não atraindo tanto a atenção dos consumidores.

Em nossa avaliação do jogo, escrevemos:

“Just Cause 4 é o que se espera de um jogo da franquia. Pelo lado positivo, o da jogabilidade, e pelo negativo: o das expectativas, em geral, não corresponderem ao que se vê no resultado final. Ele é menos bonito e divertido do que parecia nos trailers, não conseguindo, portanto, fazer frente aos grandes títulos de aventura do ano”.