Sam Fisher e a série Splinter Cell andam bastante sumidos, exceto por uma aparição sutil em um evento de Ghost Recon: Wildlands, parece que o agente foi esquecido.

A insatisfação do público com o chá de sumiço de Splinter Cell – que já dura cinco anos – e as constantes promessas da Ubisoft são notórias, especialmente por que algumas dicas e rumores apontavam que um novo game seria anunciado durante a E3 2018. Lembram daquela lista de jogos vazados do WalMart do Canadá? Splinter Cell foi o único da lista a não se tornar realidade, sendo que outro vazamento da Amazon também apontava a existência de um novo game da série.

Para responder a este anseio da comunidade, o CEO da Ubisoft, Yves Guillemot, comentou a ausência de Splinter Cell dos lançamentos da empresa.

“Eu vou decepcionar vocês, porque não tenho uma resposta exat para dar, mas todas as franquias que temos e todos os personagens, queremos que eles vivam a longo prazo, entãi um dia você verá alguma coisa. Eu não posso dar mais detalhes”.

Basicamente, Guillemot voltou a chover no molhado no que diz respeito à franquia Splinter Cell. Desde o ano passado o CEO vem sendo questionado sobre a série e continua a dar respostas evasivas, mas sem deixar um gostinho de esperança sobre o retorno de Sam Fisher.

Em dezembro de 2017 Guillemot chegou a dizer que as equipes de desenvolvimento da Ubisoft estavam focadas “em outros projetos”, mas não descartou que Splinter Cell poderia voltar em breve.