A Bandai Namco segue determinada a mostrar o potencial de Ace Combat 7: Skies Unknown. Nesta semana, dois novos vídeos foram publicados em um dos canais da editora no YouTube.

Os materiais mostram o desenrolar das missões 06 e 07, destacando algumas das principais características do título.

  • Missão 6: acontece em regiões mais desertas, com o jogador assumindo o comando de um poderoso Boeing F/A-18F Super Hornet. A aeronave permite interceptações de inimigos em ar e ataques ar-terra.

  • Missão 7: nesta empreitada você vai em auxílio aos aliados, destruindo radares e baterias anti-aéreas em regiões montanhosas. Nesta missão brilha o imponente – e absurdamente caro – Lockheed Martin F-22, um avião de guerra supostamente stealth. Destaque para variação climática, que pode dificultar as manobras e abordagens.

Ace Combat 7: Skies Unknown deve ser lançado em 18 de janeiro de 2019 – se não houver outros atrasos – e promete oferecer emoção no gameplay, com uma narrativa repleta de reviravoltas.

Na trama, duas nações fictícias: Federação Oseana e o Reino de Erusea se enfrentam em um conflito armado de grandes proporções que causará impactos geopolíticos inimagináveis. E você, como jogador, irá participar dos dois lados da guerra. Para contextualização, a Bandai nos oferece uma pequena descrição:

A Federação Oseana não respeitou a soberania do Reino de Erusea, forçando a construção de um enorme elevador espacial no território vizinho. Como forma de retaliação, Erusea ataca a estrutura, iniciando as hostilidades. A princesa, Rosa Cossette D’Elise, incentiva seus súditos a lutarem e o caos começa a partir deste ponto. Entretanto, a Federação conta com muitos pilotos experientes. A batalha não será fácil.