A DICE está testando quatro novas armas para o Battlefield 1. Os equipamentos de guerra foram adicionados aos servidores do jogo sem aviso prévio para alguns jogadores. Posteriormente, após ajustes e feedback da comunidade, os armamentos serão adicionados ao game.

A inclusão será de forma semelhante ao que já acontece no ‘They Sall Not Pass’. Para desbloqueá-las, os jogadores devem cumprir uma série de objetivos. Matar 50 inimigos com determinadas armas, reabastecer um aliados, oferecer kits médicos, etc.

Assalto – Hellriegel 1915 Defensive

Essa variação vem com um pente de 120 cartuchos. Oferece maior compartimento e é indicada para usá-la quando parado. Para acessá-la é preciso ter 300 kills com Hellriegel 1915 Factory e 25 kills com Minas AT.

Médico – Selbstlader 1906 Sniper

A versão alternativa de Selbstlader 1906 vem com uma mira sniper e bipod. Oferece um aumento do alcance para uma arma já precisa. É preciso ter 300 kills com a variante Factory e 25 kills com granadas de rifle.

Suporte – Huot Automatic Optical

Esta arma é melhorada com miras e foregrip. Foi desenhada para combate movimentado e oferece grande controle do recuo. É preciso ter 300 kills com a variante Low Weight e 25 kill com a Limpet Charges.

Escoteiro – Martini-Henry Sniper

A poderosa arma Martini-Henry ganhará uma variante sniper com uma mira de longo alcance e bipod. Como esperado, a eficiência desta arma será maior em alcances furtivos. É preciso de 300 kills com a variante Infantaria e 25 kills com a baioneta.

O YouTuber Westie faz uma pequena avaliação as novas opções.

Como explicado, nem todos tem acesso aos novos equipamentos que estão espalhados entre as classes. A disponibilização final ainda não oficializada pela DICE.

Recentemente, o jogo recebeu o DLC ‘They Sall Not Pass’ (por enquanto, só os que possuem o Passe de Temporada). Em breve você irá conferir aqui nossas impressões.