Blood & Truth é AAA para VR e sai em 2019, diz diretor de design

Game ainda não tem uma data de lançamento exata, mas promete ser bem interessante

Se tem uma coisa na qual o PlayStation VR ainda não impressiona tanto é na quantidade de títulos AAA. Mas Blood & Truth promete saciar a vontade de quem espera mais grandes jogos para os óculos de realidade virtual da Sony. Iain Wright, diretor de design do game, é quem garante.

Em entrevista ao Eurogamer ele falou sobre o desenvolvimento do título, confirmou que o lançamento será em 2019 e não escondeu a felicidade por ter o apoio total da Sony com o projeto. Por isso, a equipe está trabalhando duro para honrar o que o público já espera do game.

“É exatamente para isso que estamos trabalhando, uma experiência AAA em VR. Ter o apoio da Sony é muito importante, eles estão apoiando muito o VR e acredito que vai crescer. O PS VR está vendendo muito bem, há muitas pessoas usando e é excelente para a realidade virtual. Vai continuar a crescer e penso que vais começar a ver os maiores estúdios a apoiá-lo”, afirmou Wright.

Algo que ajudou Blood & Truth a criar um certo hype é que o game foi disponibilizado para testes em diversos eventos desde que foi anunciado na Paris Game Week de 2017. O Meu PS4 mesmo testou o game na PSX 2017.

“É muito importante fazermos isto direito. A equipe em Londres está trabalhando duro. A demo que temos aqui já é a terceira, tem imensas melhorias. Estamos muito orgulhosos. É um jogo muito ambicioso e desde o início quisemos fazer algo especial para VR. O fato de termos a Sony nos apoiando é uma oportunidade real para fazer algo especial”, completou.

Segundo Wright, o jogo deve ter suporte ao VR Aim, mas não é um FPS tradicional, e funciona melhor com dois PS Moves. Além disso, o sistema de movimento não será o mais livre, estilo Farpoint, mas também não será de “trilhos” como Until Dawn Rush of Blood. Deve ser algo de “teletransporte”, como Batman VR, mas ainda não sabemos.

A entrevista completa é bem legal e tem vários detalhes interessantes, que você pode ler clicando nesse link do Eurogamer (em português de Portugal).