Não parece que estamos falando sempre a mesma coisa, assim como nos comerciais do Trivago? Pois é, God of War é assunto novamente por aqui, desta vez para destacar algumas informações adicionais sobre a mitologia nórdica e detalhes a cerca do processo de criação do game. Lembrando sempre que não há spoilers (sempre bom ressaltar).

Na manhã de hoje (14), a Sony revelou um pequeno trailer com comentários do diretor criativo Cory Barlog, onde ele destaca algumas particularidades da mitologia nórdica, fazendo paralelos com as abordagens gregas anteriores.

Barlog explica que há diferenças em como as pessoas vivem em cada uma delas. Na nórdica, de acordo com ele, vive-se “um dia de cada vez”, sempre a expectativa de um ‘fim do mundo próximo’.

Dificuldades de desenvolvimento

Quem analisa as notas que o jogo vem recebendo (atualmente marcando uma média de 95 pontos no Metacritic) não pensa muito se houve problemas ou contratempos na criação do game.

Falando com o canal Skill Up, Cory disse que houve um momento em particular que ele pensou que tudo iria desmoronar. Ele explica que os programadores não estavam conseguindo adequar o código de posicionamento da câmera para que ela funcionasse sempre ‘sem cortes’ (O gameplay de God of War acontece praticamente sem loadings entre cenas). Além disso, os prazos não estavam sendo cumpridos.

Naquele momento, Barlog refletiu e chegou a temer o pior: “o que estou fazendo? Eu vou estragar tudo! Eu serei a pessoa que pegou a franquia e a colocou de joelhos”. Mas agora sabemos que no fim tudo acabou se resolvendo. Obviamente não foi uma tarefa fácil e demandou muito esforço.

Nova IP

No mesmo bate-papo, o diretor ainda falou sobre um dos seus desejos. Após God of War ele gostaria de trabalhar em uma IP própria.

Eu realmente adoraria criar algo meu em seguida, algo que realmente venha 100% da minha visão original.

Só que para que isto aconteça ele primeiro precisa convencer a Sony Interactive Entertainment. Algo que, convenhamos, não deve ser tão difícil.

God of War chega na próxima semana ao PS4. Você já pode conferir o que achamos dele em nossa análise clicando aqui.

COMPARTILHAR