Anunciada ontem (2), Orisa é a nova heroína de Overwatch que somará às escolhas de personagens tanques dentro das já disponíveis. Caracterizada como uma “tanque âncora”, ela será uma peça fundamental para os times que atuam de forma compacta. Além de oferecer defesa aos companheiros com uma barreira protetora, seus ataques de longo alcance permitem alvejar os inimigos de forma precisa.

As habilidades de ataque, mesmo não sendo específicas, possuem um alto nível de dano, causando estrago aos inimigos que decidirem enfrentá-la sozinhos. Em contrapartida, a defesa é o ponto chave da personagem, favorecendo a equipe.

Confira mais da heroína neste vídeo a seguir, o qual demonstra os poderes e habilidades:

Orisa e Efi

Orisa é o resultado de um projeto da garotinha Efi, um prodígio em matemática, robótica, ciência que reorganizou os antigos protótipos de robôs OR-14 e OR15 com peças específicas para montar a Orisa.

Os primeiros robôs foram abandonados após o fim da crise ômnica, sendo a segunda linha de produção realizada devido a uma nova ameaça: Doomfist.

Para conhecer ainda mais sobre a história da origem de Orisa, confira esta linda cinemática da lore disponibilizado diretamente pela Blizzard.

Doomfist?

A verdade é que os jogadores de Overwatch esperavam que Doomfist fosse o próximo novo herói a ser disponibilizado dentro das possibilidades de escolhas.

As especulações surgiram quando dicas estiverem presentes nos servidores do jogo, como ocasião onde a Manopla fora roubada de Numbani, indicando que o vilão estaria mais próximo de dar as caras.

Porém, toda a expectativa foi, de certo modo, frustada com a apresentação de Orisa. Obviamente o vilão ainda se fará presente no título, já que é uma peça fundamental na história de Overwatch.

Além disso, Terry Crews vem fazendo campanhas para que ele seja o dublador oficial do personagem. Quem sabe, não é?