A Thrustmaster, reconhecida fabricante de periféricos para jogos, especialmente de corrida, anunciou oficialmente o T-GT, volante oficial de Gran Turismo Sport, na E3 deste ano. O período de lançamento deve coincidir com o aguardado exclusivo para PlayStation 4.

Elaborado junto à Poliphony Digital, desenvolvedora do jogo, por um período de 4 anos, o volante conta com inúmeros recursos, especificamente para o jogo em questão. Acabamento em alto padrão e potência considerável o ajudam a se tornar um item “quase” obrigatório aos amantes da velocidade digital.

“Quase”, pois seu preço é tão absurdo quanto suas especificações. O valor sugerido, até o momento, é de 799,00 dólares / euros / 699 libras. Em conversão direta, livre de impostos, deve ultrapassar a barreira dos R$ 2.700,00.

Comparativamente falando, o periférico T-500RS é vendido, hoje, a US$ 600,00, e encontrado no Brasil por preços superiores a R$ 4.800,00. Dessa forma, excetuando os jogadores mais aficionados, este não será um aparelho para todos.

Dissecando o monstro

Tendo, como já dito, sido elaborado junto com a responsável pelo jogo, o periférico foi projetado para extrair o máximo em termos de desempenho. Confira abaixo algumas especificações técnicas, de acordo com o site oficial:

  • T-LIN – Force Feedback Linearity

A resposta (force feedback) sentida pelo usuário é 100% proporcional à força determinada dentro do jogo. O comportamento do carro, bem como as condições do traçado, são reproduzidas com maior detalhe e dinamicidade;

  • T-40VE

O sistema possui um motor de 40 watts sem escovas, com torque dinâmico (o que proporciona alta velocidade de resposta) para curvas longas (no modo STALL) a zigue-zagues super dinâmicos (no modo DYNAMIC);

  • T-M.V.E. (Motor Cooling Embedded System)

Este sistema possibilita manter a linearidade e dinamismo com o novo motor T-40VE. Comparados a outros modelos da mesma linha, possibilita 50% dinamismo, uma força de freada 4 vezes maior e um sistema de dissipação de calor via resfriamento monofásico. O T-M.V.E. ainda está com sua patente pendente para registro;

  • T-F.O.C. (Field-Oriented Control)

O novo algoritmo de controle orientado a campo possibilita uma resposta para as intensas necessidades de torque, por meio de uma otimização dinâmica. O sistema ainda possui capacidade para 65.636 (16-bit) valores diferentes de posição, com a tecnologia H.E.A.R.T. (HallEffect AccuRate Technology) – em linhas gerais, possibilita uma máxima precisão no controle do carro;

  • T-Turbo

Turbo em formato toroidal, para eficiência otimizada, com pico de poder de 400 watts;

  • T-D.F.B. (Depth Feedback)

Tecnologia desenvolvida exclusivamente para Gran Turismo Sport e futuros jogos Gran Turismo, este recurso combina o force feedback refinado com o feedback em profundidade, para uma percepção 3D realista do ambiente. Ele possui um tempo de resposta que varia entre 30 e 100Hz, para criar uma sensação de dirigibilidade mais aprofundada no jogo..

Ele ainda adiciona efeitos de suspensão e vibração através da coluna de direção, para mais informações sobre o comportamento do carro e física, para maiores sensações do piloto.

Abaixo você pode conferir a galeria das imagens correspondentes:

Indo mais além…

Além de todos estes recursos internos, o volante possui ainda acabamento em couro genuíno, para se adaptarem às mãos do piloto, e pedais ergonômicos em metal, para facilitar o posicionamento. Outras características incluem quatro reguladores rotativos, para controlar diretamente a força de travagem, 25 botões e 2 analógicos personalizáveis.

Apesar de possuir recursos exclusivos para a franquia GT, a fabricante garante a funcionalidade do periférico em outros jogos do console. Não existe, contudo, uma lista de compatibilidade oficial.

O volante estava disponível para testes no estande de Gran Turismo Sport, e seu lançamento deverá, como já dito, coincidir com o do jogo. Este tem período de lançamento previsto para a primavera deste ano (entre setembro e dezembro).