Life is Strange foi lançado em 30 de Janeiro, trazendo uma proposta de escolhas e consequências já familiar a muita gente, mas com um diferencial interessante: a possibilidade de poder controlar o tempo, usando os acontecimentos ao seu redor para mudar o futuro.

O game da Square Enix tem realmente uma premissa que parece inovadora e no vídeo de hoje  trago uma análise completa sobre a primeira das 5 partes desse jogo episódico. Será que vale a pena? Confira o vídeo.